27.9.04

A MUDANÇA POLÍTICA NECESSÁRIA

De acordo com o recém-eleito secretário-geral do Partido Socialista, José Sócrates, a mudança política em Portugal começou no sábado. Com a sua eleição. Esmagadora. Agora é bom que acabem as brincadeiras dos jogos florais que caracterizaram a campanha à liderança e, unidos, os socialistas elejam o triste e caricato Governo que temos (patrocinado pelo Presidente Sampaio, fantasma político que vagueia pelos corredores do Palácio de Belém, e que às vezes parece ser visto com toucas e batas em digressões pelo país irreal), como o adversário que é preciso enfrentar e bater. Pelo PS mas sobretudo pelos portugueses. A obrigação do principal partido da oposição é preparar a benzina para que os eleitores já no próximo ano a apliquem na nódoa.
Eu, que andava arredado destas coisas, senti a obrigação de voltar (apesar de pouco esperançado na forma de trabalho político actual no PS...) à minha militância político-partidária socialista. A começar já pelo próximo Congresso em Guimarães para o qual fui eleito em Setúbal, a minha Secção. E que já representei aquando do 1º Congresso do PS na legalidade, em Dezembro de 1974. Afinal são já 30 anos. Uma vida.

Comments: Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?