9.9.04

(...)

Aqui, onde o sol bate e
o vendaval chora
andei em todas as calçadas
agradecendo a Deus;
muito embora
eu acredite na vida e
não na morte.

Francesco Giugliano
Rio de Janeiro, 9.12.’03


Comments: Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?