24.8.04

I cocci

12 minutos e 40 segundos durou a nossa conversa ao telefone, com um fuso horário de diferença. Tentei, com a minha lógica intuitiva reduzir a palavra a um só, e simples, significado. Fragmentos? Estilhaços? Lascas? Ele falava-me sobre coisas pequenas, sem valor, mas que brilham quando o sol nelas reflecte, na areia da praia... e eu - seixos? Do outro lado a hesitação mas também o assentimento à medida que eu ia dando múltiplas traduções. E ele dizia-me que podia ser tudo. Admiro a sua liberdade, sobretudo poética. Afinal, COCCI é tudo o que a nossa imaginação pode fazer brilhar, como o sol nos cocci das nossas vidas. Tudo é mais do que aquilo que aparenta. Como a dedicatória, em 4 de Dezembro de 2003, num livro de poesia:
-Não há palavra
para explicar o que é
"amizade"

Comments:
Ainda o Drummond:
Se procurar bem, você acaba encontrando
não a explicação (duvidosa) da vida,
mas a poesia (inexplicável) da vida.
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?